Terça-feira, 22 de Março de 2011

O ESTREITO, SUA LOCALIZAÇÃO. (Continuação)

 

O Estreito (1) viveu muitos séculos encravado entre densos pinhais, a sua principal riqueza, no mais negro isolamento, sobretudo antes dos acontecimentos aqui relatados. De algumas estreitas veigas dispersas nos vales, parcamente foi retirando milho, feijão, vinho, azeite, resina, a que juntou a pastorícia de numerosos rebanhos e o trabalho sazonal das mondas, da azeitona e algum emprego na criadagem de quintas do Olival, Seiça e Ourém e de lavradores mais ou menos abastados nas cercanias. Muito pouca a emigração, notada nos finais do século XIX. Simples e humilde povo, muito isolado, sem estradas nem qualquer outra espécie de comunicações, viveu séculos de solidão perdido e ignorado entre essas extensas matas de pinho. A partir de 1861, dividiu-lhe as terras a via-férrea do Norte, quebrou-lhe o isolamento e rasgou-lhe o silêncio o bulício dos trabalhos da sua implantação e depois o comboio. Porém, a civilização passava-lhe a fugir ali ao lado, porque estradas transitáveis que substituíssem caminhos primitivos era o que lhe faltava. Hoje tapetes de asfalto desdobram-se até e pelo meio de cada aldeia, depois de arcar penosamente com séculos de atraso de que as péssimas comunicações faziam parte emblemática. Os tradicionais burricos possibilitavam a deslocação, quando não a pé, vencendo enormes distâncias. O ancestral carro de bois de rodados e eixos de pau para os carretos mesmo a grandes distâncias e caminhos por onde ficou muita vida, rios de suor e heróicos esforços. Roncavam estridentes os eixos carregados ecoando no silêncio das matas misturado com os tintinábulos dos rebanhos pelas quebradas. E assim foi o habitante do Estreito arrancando do corpo cansado dos duros trabalhos da terra e da fé annazenada na alma, oceanos de forças para celebrar o culto nos domingos e dias santos.Desde cerca de 1190, na paroquial, no «Adro de Santa Maria»,. a partir de 1527 na capela da Senhora da Piedade de Urqueira; pouco depois, na do Resouro. A partir de 1687, no Estreito, na capela erguida no centro do povoado, em honra de Nossa Senhora do Testinho, graças ao Conde de Castelo Melhor, em cumprimento da promessa pelo milagre da Virgem Mãe mandando-a erguer e instituindo-lhe capelão a expensas de dotação legada.

 

1 Estreito tem origem topográfica na medida em que se refere a passagem,caminho, entre montanhas ou desfiladeiro.

 

Texto de David Simões Rodrigues.

 

 




sinto-me: Como bom português, socretino!
publicado por MaiaCarvalho às 20:11
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Domingo, 6 de Março de 2011

NOSSA SENHORA DO TEST...

Prefácio Encontrará aqui o leitor um dos mais interessantes retalhos dahistóri...

Ler artigo
sinto-me: Apatetado
publicado por MaiaCarvalho às 17:43
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 5 de Março de 2011

CRÉDITOS RESTANTES

Já agradeci ao povo do Estreito a gentileza de me permitirem visitar e fotografar a Capela da Senhora do Testinho. N...

Ler artigo
sinto-me: Alegre
publicado por MaiaCarvalho às 18:44
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 23 de Fevereiro de 2011

REGRESSO AO TESTINHO

Em 22 de Fevereiro do ano passado, aqui, neste blogue me referi à capela do Estreito, Urqueira, Ourém. Agora que vou co...

Ler artigo
publicado por MaiaCarvalho às 19:13
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 22 de Fevereiro de 2010

A cerca de 30 Km de d...

São dois marcos importantes da penosa caminhado de D. Luís de Vasconcelos e Sousa, Conde de Castelo Melhor, na sua fu...

Ler artigo
sinto-me: Enobrecido
publicado por MaiaCarvalho às 19:15
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Quarta-feira, 27 de Janeiro de 2010

Fugitivo e desterrado.

D. Luís de Vasconcelos e Sousa teve de abandonar Portugal por duas vezes. Uma, anda novo, acusado de cumplici...

Ler artigo
sinto-me: Estarrecido
publicado por MaiaCarvalho às 15:16
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 22 de Janeiro de 2010

Conde de Castelo Melh...

Preço: EUR 18,00 Editora: Câmara Municipal de Vila Nova de Foz Côa Ano do Livro: 2001 Ano da Edição: 2001 Nº...

Ler artigo
sinto-me: Historiador
publicado por MaiaCarvalho às 21:05
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. O ESTREITO, SUA LOCALIZAÇ...

. NOSSA SENHORA DO TESTINHO

. CRÉDITOS RESTANTES

. REGRESSO AO TESTINHO

. A cerca de 30 Km de distâ...

. Fugitivo e desterrado.

. Conde de Castelo Melhor

. Porquê Cardal?

.arquivos

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds